Cheios do Espírito Santo


Por: Luzinete De Nardi 


Oi oi meus lindos e lindas, tudo bem com vocês?
Quem aqui quer ser cheio do Espirito Santo

E, estando eles falando ao povo, sobrevieram os sacerdotes, e o capitão do templo, e os saduceus, doendo-se muito de que ensinassem o povo, e anunciassem em Jesus a ressurreição dentre os mortos. E lançaram mão deles, e os encerraram na prisão até ao dia seguinte, pois já era tarde. Muitos, porém, dos que ouviram a palavra creram, e chegou o número desses homens a quase cinco mil. E aconteceu, no dia seguinte, reunirem-se em Jerusalém os seus principais, os anciãos, os escribas, E Anás, o sumo sacerdote, e Caifás, e João, e Alexandre, e todos quantos havia da linhagem do sumo sacerdote. E, pondo-os no meio, perguntaram: Com que poder ou em nome de quem fizestes isto? Então Pedro, cheio do Espírito Santo, lhes disse: Principais do povo, e vós, anciãos de Israel, visto que hoje somos interrogados acerca do benefício feito a um homem enfermo, e do modo como foi curado, seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, aquele a quem vós crucificastes e a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, em nome desse é que este está são diante de vós. Ele é a pedra que foi rejeitada por vós, os edificadores, a qual foi posta por cabeça de esquina. E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. Então eles, vendo a ousadia de Pedro e João, e informados de que eram homens sem letras e indoutos, maravilharam-se e reconheceram que eles haviam estado com Jesus.
- Atos 4, 1-13 

Em sua peregrinação aqui na terra Jesus escolheu doze discípulos e lhes deu uma missão: que fossem curar os enfermos, expulsar demônios, ressuscitar os mortos, que continuassem o seu trabalho. Podemos encontrar essa passagem em Mateus 10.
 
Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos; mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel, e, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus. Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos.
- Mateus 10, 5-9 

Jesus ordenou a seus discípulos que continuassem seu trabalho, mas, Ele disse para que eles não possuíssem ouro, nem prata, que de graça receberam, e de graça era para darem, isto quer dizer que a Palavra de Deus não é comprada, e muito menos vendida, ela é dada. Recebemos a Palavra d’Ele de graça, por que nos aproveitaríamos disso para lucrar? E infelizmente, é o que muitos fazem hoje.
O trabalho que devemos fazer para Deus não deve ser por interesse, deve ser feito de coração. Para chegarmos a Deus não devemos ir por interesse, ou seja, só porque precisamos que Ele faça uma cura, ou dê um milagre, ou nos dê o que precisamos, antes de mais nada devemos ir ao encontro de Deus por reconhecermos que somos pecadores, e que sem Ele nada somos, dependemos d’Ele para viver, e assim como reconhecemos as suas maravilhas em nossa vida, devemos compartilhar desse Deus maravilhoso para as pessoas, só que sem interesse algum, apenas com o intuito de ganhar almas para Deus, de ganhar vidas para Ele, e de querer sempre o bem do próximo.
 
Então lhes impuseram as mãos, e receberam o Espírito Santo. E Simão, vendo que pela imposição das mãos dos apóstolos era dado o Espírito Santo, lhes ofereceu dinheiro, dizendo: Dai-me também a mim esse poder, para que aquele sobre quem eu puser as mãos receba o Espírito Santo. Mas disse-lhe Pedro: O teu dinheiro seja contigo para perdição, pois cuidaste que o dom de Deus se alcança por dinheiro. Tu não tens parte nem sorte nesta palavra, porque o teu coração não é reto diante de Deus. Arrepende-te, pois, dessa tua iniquidade, e ora a Deus, para que porventura te seja perdoado o pensamento do teu coração.
- Atos 8, 17-22

Simão usava das artes mágicas para iludir o povo, mas ao ouvir Filipe pregar o reino dos céus ele creu e se batizou, entretanto ainda lhe faltava ser cheio do Espírito Santo, e ele ofereceu dinheiro aos discípulos para também ter o poder de ser cheio do Espírito Santo, porém mal sabia Ele que dinheiro nenhum comprava os dons de Deus dado aos homens. 

Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.
- João 3, 3-5 

Para termos uma verdadeira experiência com Deus, para sermos discípulos, para pregarmos a boa nova, antes de mais nada é preciso nos arrependermos, e nascermos de novo. Nicodemos não entendia a fala de Jesus quando lhe disse: “aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus”, Jesus quer dizer que é preciso que haja um novo homem dentro dele, uma nova pessoa, que os velhos hábitos ficam para trás, o que é da carne, é da carne, não se dá para misturar, não dá para ser meio termo, não dá para querer seguir Jesus e o mundo ao mesmo tempo, ora ou é de Deus, ora ou é do mundo.
Precisamos ser cheios do Espírito Santo, mas para isso temos que ter comunhão com Deus, temos que estar sempre buscando compreender sua Palavra, aquilo que Ele nos diz, e fazer também aquilo que Ele nos ordena, temos que ser obedientes.
Ser cheio do Espírito Santo não nos isenta das dificuldades, mas estar com Deus nos ajuda a suporta-las

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. 
- Gálatas 5, 22


Resenha: P.s.: Ainda Amo Você, De Jenny Hann


Oi oi meus lindos e lindas, como vocês estão?
Se Para Todos os Garotos Que Já Amei ganhou o meu coração, o segundo livro da série não ficou de fora. Ao terminar a leitura fiquei com gostinho de quero mais, e adivinhem? O terceiro livro estreou esse ano, intitulado, Para Todo O Sempre, Lara Jean.
Se você ainda não leu o primeiro livro, recomendo que leia primeiro e depois venha ver esse post, pois, contém spoilers, caso queira ver a resenha do primeiro livro clica aqui

 

Nome: P.s.: Ainda Amo Você
Autor: Jenny Han
Lançamento: 2015
Editora: Intrínseca
Páginas: 304
Gênero: Romance
Nota





Lara Jean escrevia cartas de desamores, as endereçavas, e guardava em sua caixa preferida. Certo dia após um desentendimento com sua irmã mais nova, Kitty, as cartas foram enviadas pelo correio aos garotos.
Josh, era ex de sua irmã mais velha, Margot, e era um de seus amores passados, para fugir dessa confusão Lara Jean pediu ajuda a Peter, que também recebeu uma de suas cartas, e eles fingiram um namoro, mas o que nenhum dos dois esperavam era se apaixonarem.
No final do primeiro livro o que não faltou foi confusão, Margot descobriu a verdade, Josh foi atrás da Lara, fofocas sobre um momento de intimidade entre Lara Jean e Peter foram espalhadas, os dois brigaram, e para completar ela descobriu que estava apaixonada por ele.
Agora no segundo livro Lara escreve uma carta para Peter, dizendo que ainda o ama, e tenta conversar com ele, confesso, é muito linda essa cena deles, a princípio ficamos com raiva, mas depois soltamos um “ooooooooown”, e os dois começam a namorar.
Agora eles têm que se adaptar a vida um do outro, Peter é um cara popular, e Lara Jean é uma garota quieta. Além disso, é seu primeiro relacionamento, então não sabe como lidar com isso, seus sentimentos, os ciúmes, e a insegurança. E como se a situação não estivesse complicada demais, tem que ter a vaca da Genevive, a ex do Peter, atormentando o namoro dos dois, e um vídeo dos amassos de Peter e Lara Jean na internet.
Outra coisa lhe acontece, ela recebe uma carta de um de seus amores passados, John Ambrosse. Será que haverá um triangulo amoroso? Confesso que há princípio eu odiei a história do meu casal preferido poder ser corrompida, aí depois eu comecei a amar o John, mas o final? Bem só lendo para saber né? Eu estava com medo do final me decepcionar, mas me surpreendeu.


Assim como o primeiro, é um livro muito fofo, contagiante, e queremos saber logo tudo que vai rolar. Retrata o amor das irmãs Song, que eu super admiro, amo o jeito como elas são unidas, e estão uma apoiando a outra. Kitty apesar de ser a mais nova, é bem madura, e está fazendo de tudo para juntar o pai com a vizinha.
Apesar de Genevive ser uma vaca, odiosa, o livro fala um pouco sobre a antiga amizade dela com Lara, o que me tocou bastante, pois ás vezes temos uma melhor amiga que já não faz mais parte da nossa vida. O tempo passa, as pessoas mudam, e amizades acabam, mas ainda assim, saber que uma pessoa era importante e passa a não ser mais nos toca, nos faz pensar em como a vida é repleta de mudanças, e não é todo mundo que ficará em nossas vidas. 


No final do livro vemos como Lara Jean cresceu, e aprendeu a se arriscar. E claro gente, tem muito amor envolvido.


Se interessou e quer comprar? Confira aqui! 
PONTO FRIO | SARAIVA | SUBMARINO | AMERICANAS

O que está acontecendo com a humanidade?



Acordei com uma sensação estranha, não me lembrava de ter tido nenhum pesadelo, também não tinha muitos problemas com o que me preocupar, então, respirei fundo e disse a mim mesma que não era nada.
Levantei, tomei café, e fui me arrumar. Olhei para o relógio e precisava correr para pegar o ônibus, caso contrário chegaria atrasada no trabalho.
Não bastasse a correria, o ônibus estava super lotado, e quando digo super, não estou brincando!
Uma senhora entrou no ônibus, no assento preferencial estava uma jovem, e escutei ela sussurrando para o rapaz ao seu lado: "até parece que irei levantar para essa Senhora, se ela tem disposição para ir aos forrós, por que não aguentará uns minutinhos em pé?"
Quando cheguei no trabalho me deparei com o gerente gritando com uma funcionária: "Sua inútil, eu não te disse que não era desse jeito? O que você tem nessa sua cabeça? minhoca?". É pelo jeito, as coisas não estavam indo muito bem, apressei-me em ir fazer meus afazeres, antes que sobrasse para mim também.
Ao entrar na sala, me deparei com umas colegas falando sobre "relacionamentos".
" - Amiga, deixa de ser trouxa, você tem que ser fria com ele, tem esse negócio de romantismo não, homem tem que ser pisado mesmo.  
 - Mas, ele gosta tanto de mim.
 - Aí que tu não tem que ser fácil mesmo, senão depois ele que vai pisar em cima de tu. Tem que aproveitar que ele tá na sua mão, não seja a trouxa da história, você não precisa gritar para o mundo que o ama, e nem para ele."
Eu pensei: "meu Deus? O que está acontecendo? As pessoas não podem mais sentir? Não podem mais amar? Agora sinônimo de amar é ser trouxa?"
Preferi não me meter nessa discussão, aliás, ultimamente discussões estão causando até morte! Não se dá para dar opinião, porque as pessoas acham que só as delas estão certas, e todos devem concordar.
E para piorar, minutos depois, quando atendi o cliente, ele foi o maior grosso comigo, disse que tinha todo o direito, que era o cliente, mas será que ele não entendia que eu era apenas uma funcionária, e eu tinha uma limitação?
Não se dá para concordar com tudo o que ele quer, claro que ele era prioridade, que ele é importante no negócio, mas, poxa vida né, as pessoas tem que entender que não dá para ser tudo do jeito delas. Oh, céus, o que está acontecendo?
Quando, enfim, meu horário de trabalho havia acabado fui feliz pegar o ônibus pra ir para meu lar doce lar, meu lugar de paz. Mas, no meio do caminho o trânsito estava caótico, isso porque uma pessoa estava tentando pular da ponte. 
"Coitado, o que será que o tinha levado a isso?" Isso foi o que pensei. As pessoas diziam, "olha lá, que otário, tá querendo se aparecer" "se joga logo", fora as pessoas que filmavam, sério, precisava disso?
Ao chegar em casa liguei a televisão e resolvi assistir ao noticiário
As noticias eram das mais absurdas, uma pessoa matou a outra por um motivo nada a ver, e ainda, que se houvessem motivos, não acho que ninguém tem direito de tirar a vida do outro... 
"O que está acontecendo com a humanidade?"
Desliguei a TV, e voltei a dormir, quem sabe amanhã seja um dia melhor né?

...

Oi, oi meus lindos e lindas, tudo bem com vocês?
Esse pequeno texto, faz parte do Projeto: Escrevendo Sem Medos, o do mês de Julho é: O que está acontecendo com a humanidade? E pensei em fazer uma reflexão critica.
Realmente, a nossa humanidade não vai de vento e polpa, na verdade tá mais para de mal a pior, o que é muito triste. As pessoas estão mais criticas, com menos senso de humor, e com quase nenhum pingo de amor. 
Espero que as coisas melhorem, que as pessoas saibam que vale a pena amar o próximo, que isso não nos torna trouxa, e menos ainda fraco, pelo contrário nos torna forte. Não é fácil amar o próximo, aguentar seus dramas, seus medos, seus defeitos, mas isso é amar, é ter respeito, é saber lidar com o próximo. Temos que agir com as pessoas como gostaríamos de ser tratado, e se porventura dermos o azar de encontrar pessoas que não são nada legais conosco, bora pra frente que tem gente que merece ser bem tratado!
Desejo a você toda felicidade do mundo, e pessoas maravilhosas na sua vida, um super beijo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Jayhana De Nardi - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo