Resenha: A Dama da Internet, de Neville D'Almeida

Oi oi meus lindos e lindas, como estão?
Aqui estou eu, trazendo mais uma resenha, livro este que comprei a R$ 10,00 na Americanas (Loja Física), genteeeeeeeeeeeee promoção de livro é comigo mexxxxxxxxxxxxxxxmo! Haha


Nome: A Dama Da Internet
Autor: Neville D'Almeida
Lançamento: 2012
Editora: Casa da Palavra
Páginas: 160
Gênero: Ficção
Nota:





Luísa está prestes a realizar o sonho da maioria das mulheres, se casar, isso mesmo minha gente, e com direito a limusine, e tudo mais, um luxooo só, luxo esse que seu marido Marcos é capaz de ostentar!
Uma foto aqui, outra ali, é assim que ela registra seu grande dia, e tudo postando no Facebook, afinal, felicidade é para ser estampada né? –ou não
Mas, o que parecia ser um sonho, se torna um pesadelo, Marcos acaba extrapolando no casamento e bebendo demais, por conta disso na lua de mel torna-se agressivo, e até a obriga a fazer sexo com ele. Luísa se vê diante de um verdadeiro arrependimento, mas não tem como fugir, acabou de se casar, não dá para jogar tudo para o alto assim, e acaba mesmo que forçada tendo a pior noite de núpcias da história. Esse dia jamais será esquecido, mas ela acredita que o outro dia pode ser melhor, afinal, nada melhor que um dia após o outro, e uma noite no meio, como diz sua mãe.
Só que as coisas não melhoram, seu marido sempre chega tarde, vive cheio de compromissos, e mal dá atenção para ela, o que a faz suspeitar que alguma coisa tem nesse mato.
O deputado Talarico, é um homem ganancioso, padrinho de casamento do Marcos e Luísa, e ao descobrir que o casal está em crise tenta conquistar Luísa. Ele representa bem alguns porqueiras que vive lá no planalto (que a verdade seja dita né gente!), aliás, não comentei né? Mas é um livro Brasileiro, gostei muito dessa desenvoltura, mostrar um pouco do nosso País, nossa cultura, alguns lugares do Rio, achei muito bacana, traz mais proximidade.
Enfim, ao tentar algo com Luísa, Talarico acaba tomando um belo tapa na cara, ela é uma mulher que merece o meu respeito, forte, integra, e não deixa qualquer um abusar dela não, ela se põe no lugar, e bota os outros no lugar também, mas é através dele que a sua desconfiança de estar sendo traída ganha mais impacto.
Certo dia, ela resolve investigar o marido, e o que ela descobre? Uma traição!
Por pouco achei que essa traição ia ficar por baixo, não que eu seja fã de um bom barraco né gente?! Mas um homem safado, canalha desses merece uma lição, cá para nós, é verdade ou não é?
E sim, ele vai ter o que merece!
A história é narrada em terceira pessoa, então podemos entender os sentimentos de cada um, seus pensamentos, e suas histórias. Tudo acontece muito rápido, em um momento ela casa, e no outro já descobre a traição, mas mesmo com essa rapidez, torna as histórias interessantes, e com um certo suspense sobre o que irá ocorrer.



Confesso, que desapontei um pouco, achei que veríamos uma mulher insegura se transformando em um mulherão, sofrendo, e aprendendo a se amar, se humilhando, e aprendendo se impor no lugar. Mas eu não vi tanta mudança assim, a Luísa, é uma mulher decidida, claro que depois de uma traição aprendeu a se dar certo valor, e a fazer coisas que antes não havia feito, mas, eu vi mais uma mulher dando uma lição de moral nos homens, do que uma escrita sobre o crescimento da personagem. Achei também, que como o nome é Dama da Internet, iria falar mais aprofundado sobre as redes sociais, e tudo mais, só que foi uma coisa bem rasa, apesar que no começo eu já achei bem critico, e bem legal o ponto do autor, quando Luísa mostrava uma felicidade que não existia, porque é isso que muitas pessoas fazem nas redes sociais, fingem ser uma coisa que não são, estar feliz, quando na verdade o mundo está desmoronando, então eu achei essa crítica bem bacana.
E ainda assim, diante a essas objeções, o livro vale a pena ser lido.



Se interessou e quer comprar? Confira aqui!



O poema da festa perfeita



O POEMA DA FESTA PERFEITA



AS LUZES SE APAGAM, AS MÚSICAS TOCAM
CORAÇÃO ACELERA, É HORA DO ROCK.
A BATIDA É BEM FORTE, COMEÇAM A DANÇAR
O DJ TROCA A MÚSICA PRA GALERA AGITAR.


A GAROTA SORRI AO VÊ SUA PAIXÃO
ELE A CHAMA PRA DANÇAR AO SOM DE CELINE DION.
O AMOR É TÃO LINDO, O AMOR É ENCANTADOR
PENA QUE EM ALGUNS MOMENTOS ELE TRAZ ALGUMA DOR.


MAS EM MEIO A AGITAÇÃO, A GALERA COMEÇA A DANÇAR
A FESTA TÁ BOMBANDO, VEM COM A GENTE APROVEITAR.
A COMIDA ESTÁ TÃO BOA, A COMPANHIA É PERFEITA
SÓ ESTÁ FALTANDO UMA BANDA SERTANEJA.


O CASAL JÁ ESTÁ NO CLIMA, O AMOR ESTÁ NO AR
OS AMIGOS ESTÃO BRINDANDO, NOVA MÚSICA A TOCAR.
OLHA A SELFIE, VEM CHEGANDO, NO FACE VAMOS POSTAR
ESSA FESTA ESTÁ MARA, TEM TUDO PARA ARRASAR.


O SOM ALTO ESTÁ TOCANDO, VIBRAÇÕES A ESTOURAR
O DJ ESTÁ PEDINDO ‘JOGA SUA MÃO PRO AR’.
VEM CURTIR, VEM DANÇAR, VAMOS TODOS COMEMORAR
ESSA FESTA É PERFEITA NINGUÉM VAI PODER PARAR.



Dica de música:



Oi, oi meus lindos e lindas, o que acharam do poema?
Confesso que este é o primeiro poema que escrevo, então não sei se está bom, e se está perto de ser chamado de "poema", mas espero que tenham gostado. rs
Ele é do Projeto: Escrevendo Sem Medo, não perca os textos que serão postados no decorrer dos meses.
Beijos.

The Vampire Diaries, do ínicio ao fim. Parte I

Oi oi meus lindos e lindas!
Hoje vamos falar de uma série que fez e faz sucesso.


Isso mesmo, The Vampire Diaries. Neste post vamos relembrar algumas coisas que aconteceram desde a primeira temporada até a oitava, que é a última temporada. A noticia triste é que o último episódio já é essa semana.
Vamos relembrar personagens, momentos marcantes, e a trilha sonora. Então não perca tempo e continue lendo o post. E para você que ainda não conhece essa série recomendo assistir, e dou uma dica, não continue a ler esse post, pois contém spoilers, mas se quiser saber um pouco mais sobre a série é só conferir aqui, é um post que tem a resenha de The Vampire Diaries.


Um bom fã jamais se esquecerá de como tudo começou né? Então vamos relembrar.
Primeiramente, minha paixão por séries começou com The Vampire Diaries, meu primeiro contato com a série foi quando o SBT começou a exibi-la, assisti a primeira temporada, e quis mais, então procurei na internet, e fui acompanhando desde então.
Gosto muito da primeira temporada, e ela ficará marcada em meu coração para sempre.
Claro que comecei odiando o Damon, e shipando Stelena. Sabe de nada inocente!!!


Há mais de um século eu vivo em segredo... e me escondo nas sombras, sozinho no mundo. Até agora. Eu sou um vampiro... E essa é minha história.

Definitivamente na primeira temporada não gosto da Caroline, ela tem um jeito muito superficial, também não gosto da Vick, e de todas as mortes foi a que menos me importei.
Logo no primeiro episódio gosto muito da música que toca quando a Elena vai até o cemitério.



Querido diário, eu sobrevivi ao dia de hoje. Eu devo ter dito "estou bem, obrigada", umas 37 vezes. E nenhuma era verdade. Mas ninguém percebeu. Quando alguém pergunta "como você está?" a verdade é que não querem saber como você está.

Tudo parece perfeito, Stefan tem um plano para conquistar Elena, até seu irmão chegar e atrapalhar tudo. E é justamente por isso que eu odiava tanto o Damon.


Uma cena linda do Stefan e da Elena acontece no final do segundo episódio, quando ela vai até a casa dele para conversarem, e os dois tem então o primeiro beijo.



A verdade é que... é que eu to com medo, Stefan. Eu to com medo de me deixar ser feliz por um momento... e aí o mundo inteiro desabar.


Logo na primeira temporada Elena descobre sobre a verdadeira identidade do Stefan e Damon.

Querido diário, eu não sou crédula. Pessoas nascem, envelhecem e morrem. Esse é o mundo em que vivemos. Mas como posso negar o que está bem na minha frente? Alguém que não envelhece, nunca se machuca. Alguém que muda de uma forma que não tem explicação.

Stefan conta a verdade para Elena, e ela decide que o melhor é se afastar. Neste mesmo episódio tem a cena do Damon e Vick dançando, gosto muito dessa parte.


- Você não quer se apaixonar?
- De novo não.  É doloroso, inútil e fora de moda.




E se tem uma personagem que amei conhecer, e odiei que a mataram foi a Lexi.


Enfim, muita coisa acontece na primeira temporada. Personagens aparecem, personagens morrem. Histórias de amor, amizade e ódio.


Na primeira temporada alguns vampiros que já estão dessa para melhor querem voltar a vida, e Damon, Stefan, Elena, e Bonnie tentam fazer de tudo para que isso não aconteça.


Sem esquecer que o plano de Damon era trazer Katherine de volta, mas ele acaba se surpreendendo quando descobre que ela não está na tumba.


Ah e para os Delena o final da temporada termina muito bem, com um beijo dos dois...


Oppsssssss, pegadinha do malandro gente, a Katherine Pierce enganou o pobre coitado direitinho. Haha.
A bitch tentou enganar os dois irmãos, mas só conseguiu enganar um, agora com a volta dela tudo vira de cabeça para baixo.



Uma coisa boa que a Katherine fez foi transformar a Caroline em vampira, achei que depois que ela virou vampira ficou muito melhor.


E mais um vilão entra em cena.


Meus sentimentos com Klaus foram os mesmos que com Katherine, no principio eu o odiava, então passei a amá-lo, mas claro que para ambos isso levou tempo.
Entra em cena Os Originals.


E de todos é claro que eu me apaixonei por Elijah.


O que eu mais odiei na segunda temporada foi a morte de Jenna. Por quê? Estou inconformada até hoje.


Acho que é por isso que eu odiei muito o Klaus.


Stefan se vê obrigado a seguir Klaus para manter Elena a salvo. Então Elena e seus amigos tentam fazer de tudo para trazê-lo de volta.
O que mais me deixa triste é que a partir dai Delena começa a entrar em foco.


Eu nunca fui fã de Delena, e nem sei se consigo gostar dos dois juntos. Fui, sou e sempre serei Stelena, pena que muita coisa mudou.


Quando eu escolher um, eu perderei o outro, e eu não quero mais perder ninguém.

 Na quarta temporada o pior pesadelo de Elena vira realidade, ela se torna uma vampira.


E é claro que o Stefan está sempre lá.


 Um dia de cada vez.

Ela luta contra seus desejos, medos, e contra os sentimentos que se tornam cada vez mais fortes.
Ela e seus amigos descobrem que há uma cura para o vampirismo. Damon e Stefan fazem de tudo para consegui-la pela Elena.



Muitas e muitas coisas acontecem, personagens novos aparecem, alguns se vão, outros retornam dos mortos, momentos lindos ficam eternizados, e com certeza essa série ficará sempre.


Cada temporada tem um vilão novo, e vemos como mesmo alguns se odiando, estão sempre lutando pela sobrevivência do outro.


Pulando para a oitava temporada... Elena está em um sono profundo, e só poderá acordar depois que Bonnie morrer, Bonnie se apaixona por Enzo, e é o casal que mais gosto.


Caroline e Stefan estão juntos, mas definitivamente eu não gosto dos dois, não achei que eles tem tanta conexão assim.


Damon espera pela amada.


E no penúltimo episódio sabem quem está de volta?
Sim, a rainha, a diva, a poderosa, a bitch.


Como eu disse muita coisa acontece na série, afinal são oito temporadas, e não consigo me lembrar de cada detalhe, mas irei rever a série e quem sabe teremos mais posts, né?
Na verdade, haverá a parte II deste post, que irei falar sobre o final e trazer uma trilha sonora mais completa para vocês, o que acham?
Enquanto isso fiquem com o gostinho do último episódio.



O último episódio vai ao ar nesta sexta-feira preparem os lencinhos e os corações porque será muita emoção.

 No, no, no, I can't, I can't

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Jayhana De Nardi - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo