12 Cartas em 12 meses #Maio

Olá meus lindos e lindas, como estão?
Visitando alguns blogs achei um desafio muito legal que é 12 Cartas em 12 meses, e como amo escrever aceitei o desafio.
O desafio do mês de Maio é para eu escrever uma carta para nunca ser enviada. Resolvi escrever para um ex amigo, que também já foi uma ex paixão.
Dá um play na música abaixo (sim minhas cartinhas tem direito a trilha sonora) e se aventure comigo! 



MAIO –  UMA CARTA PARA NUNCA SER ENVIADA
Playlist: Me Abrace - Wanessa Camargo



Querido ex amigo,
 
Quem diria que um dia eu escreveria uma carta para você né? Mas a parte legal de escrevê-la é que poderei me expressar sem nenhum medo de que lerá, porque afinal ela nunca chegará em suas mãos.
A primeira vez que eu te vi eu pensei: "nossa que garoto bonitinho", mas eu não estava com a mínima intenção de me apaixonar porque eu já estava apaixonada por outra pessoa. Depois desse dia não me lembro o que aconteceu, provavelmente eu te procurei nas redes sociais e te adicionei (porque eu sou dessas, fazer o que né rs), e nos tornamos amigos, e confesso foi a melhor amizade que eu tive com um menino, mas eu, burra, idiota, confundi com outra coisa e acho que em parte a culpa foi minha por tudo ter sido estragado, mas eu sei que em parte você também foi o culpado.
Eu gostava de como implicávamos um com o outro, gostava de te chamar de idiota e todos os adjetivos mais lindos que eu tinha desse gênero, você não se incomodava, mas eu também não me incomodava quando me chamava de algo parecido, e olha, você foi a única pessoa que conseguiu essa proeza até hoje.
Lembra quando eu fiz pirraça e fiquei um dia inteiro sem falar com você? Eu nunca me senti tão vitoriosa e satisfeita comigo mesma como naquele dia, e de brinde consegui te deixar bem nervoso e preocupado.
Eu gostava de como fazíamos uma bela dupla, mas esse era o problema, eu gostava de nós dois juntos, gostava das nossas implicâncias, gostava quando me ligava quase todas as noites (e eu achava que falava baixinho, mas minha avó escutava tudo OMG), gostava quando te via, gostava do seu cheiro (acho que nunca conheci alguém que se perfumava tanto que nem você rs porque dava para sentir seu cheiro de longe), gostei quando tentou me ensinar matemática (você foi péssimo rs), gostei quando fui te vê jogar e você caiu rs, gostava quando ficava bravo porque eu era péssima jogando sinuca, eu gostava de você, gostava de nós.
Mas então nós fizemos uma escolha errada, nós tentamos colorir a nossa amizade, e acabamos estragando ela. No começo não me conformei em te perder, depois tive ódio de você, hoje eu sinto a sua falta, tem horas que eu tenho vontade de entrar em contato, de conversar com você, recuperar a nossa amizade, mas então eu paro e penso que as coisas são melhores assim do jeito que estão. Você está vivendo a sua vida, e eu a minha. Só tenho a lhe desejar o melhor que a vida pode te dar. Jamais esquecerei da nossa amizade.


Com carinho,

 

Alguém que um dia gostou de você. 




Caso queira ler as outras cartinhas é só acessar: 12 Cartas em 12 Meses

Especial - Dia Das Mães! ♥

Olá meus lindos e lindas.
Hoje é um dia muito especial, é dia das mães.
Ano passado eu falei um pouco sobre Maria no dia das mães, hoje eu gostaria de aprofundar mais esse assunto.




MARIA, MÃE DE JESUS


No sexto mês Deus enviou o anjo Gabriel a Nazaré, cidade da Galileia, a uma virgem prometida em casamento a certo homem chamado José, descendente de Davi. O nome da virgem era Maria. O anjo, aproximando-se dela, disse: “Alegre-se, agraciada! O Senhor está com você!”
Maria ficou perturbada com essas palavras, pensando no que poderia significar esta saudação. Mas o anjo lhe disse: "Não tenha medo, Maria; você foi agraciada por Deus! Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele reinará para sempre sobre o povo de Jacó; seu Reino jamais terá fim."Perguntou Maria ao anjo: “Como acontecerá isso, se sou virgem?” O anjo respondeu: "O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com a sua sombra. Assim, aquele que há de nascer será chamado Santo, Filho de Deus."
Respondeu Maria: “Sou serva do Senhor; que aconteça comigo conforme a tua palavra”. Então o anjo a deixou.                                                                                           
- Lucas 1, 26 - 38

Pelo que podemos vê nesse trecho da Bíblia é que Maria não era uma mulher qualquer, mas sim uma mulher agraciada por ter a honra de gerar o filho de Deus. Ela era virgem, e estava prestes a casar-se com José. Provavelmente era jovem, tinha sonhos, desejos para sua vida, e tenho certeza que gostaria de ter filhos com seu futuro marido. Penso que muitas coisas poderiam se passar na cabeça de Maria, como por exemplo o fato de não querer esse filho, afinal só para começo de conversa, ela não havia se deitado com homem algum, tão pouco com José, seu futuro marido. O que as pessoas pensariam ao vê Maria grávida sem ao menos ter casado? Ou o que José pensaria? Será que imaginaria que era de outro e a deixaria? Bem provável né?
Além disso, será que ela se sentia preparada para ser mãe, e ainda mais mãe do filho de Deus? Não seria esse um compromisso muito importante e talvez o mais difícil?
Mas Maria não se importou com esses detalhes, pelo contrário ela acreditou em Deus, foi uma verdadeira serva do Senhor, e é exatamente ai que vemos que Deus fez uma grande escolha, e a mais certa, escolheu uma mulher maravilhosa para ser mãe de quem hoje chamamos de nosso Salvador.
Mas, acham que essa trajetória foi fácil? 
Por ser José, seu marido, um homem justo, e não querendo expô-la à desonra pública, pretendia anular o casamento secretamente. Mas, depois de ter pensado nisso, apareceu-lhe um anjo do Senhor em sonho e disse: José, filho de Davi, não tema receber Maria como sua esposa, pois o que nela foi gerado procede do Espírito Santo.
Ao acordar, José fez o que o anjo do Senhor lhe tinha ordenado e recebeu Maria como sua esposa.
- Mateus 1, 19 - 21

Ao saber da noticia José quis fugir, afinal não era um filho seu, por que teria a obrigação de cuidar dele? E o que achariam da sua reputação? Mas após ouvir um anjo do Senhor, ele mudou de ideia, e aceitou Maria como sua esposa.
Enquanto estavam lá, chegou o tempo de nascer o bebê, e ela deu à luz o seu primogênito. Envolveu-o em panos e o colocou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.
- Lucas 2, 6 - 7

E não acabava por ai, Maria teve que fugir da sua cidade, e como não havia encontrado nenhum lugar para se hospedar, teve que ter seu filho em um estábulo e coloca-lo em uma manjedoura.

E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena. Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.                                                                                              - João 19, 25 - 26
E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena.
Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho.
Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.
João 19:25-27

Maria esteve presente também na morte de seu filho. Ela teve uma conexão muito forte com Jesus, tenho certeza disso, ela o concebeu, cuidou dele, era a mãe dele, claro que sofreu ao vê seu filho morrer, e morrer de uma forma tão drástica.
Eu olho para a história de Maria e tento colocar as milhares de mães do mundo em seu lugar, tento me imaginar em seu lugar. Eu sei que ser mãe é um presente maravilhoso, vê toda uma vida em suas mãos, poder dar amor, carinho, compreensão, educação. Sei também que ser mãe é se preocupar, é estar atenta, é ter medo de qualquer doença ou acidente. É sabendo disso que vejo que Maria foi uma grande mãe, e sei que ela sofreu, que mãe não sofre ao perder um filho?
Claro tem muitas por ai que jogam seus filhos nos lixo, os abandonam, matam, e fazem infinitas coisas desprezíveis, mas nem sei se podemos considera-las mães.
Gostaria de desejar um Feliz Dia Das Mães a todas as mães, aquelas que são mães solteiras, mas nem por isso abandonaram seus filhos, aquelas que não puderam ter filhos, mas nem por isso perdeu a oportunidade de adotar um e cuidar como se tivesse saído de seu ventre, aquelas que infelizmente perderam seus bem mais preciosos, e aquelas que lutam todos os dias por seus filhos que estão perdidos no mundo, aquelas mães que podem cuidar de seus filhos ao lado de seu marido, as mães que são avós, as avós que são mães duas vezes, a todas as mães do mundo, desejo muitas felicidades, muita saúde, paz, paciência, e perseverança.
E por fim, e não menos importante desejo um Feliz Dia Das Mães a minha mãe querida.


, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.
E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.
E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta.
Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus.
E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.
Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai;
E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.
Lucas 1:26-3

Calendário 2016 - Maio

Olá meus lindos e lindas.
Enfim Maio chegou, e esse mês é um mês muito importante para mim, pois é o mês do meu aniversário.
Também reparei que estamos quase na metade do ano, como os dias tem passado rápido né? Também sentiu isso?
E como prometido no inicio do ano, segue o calendário mensal feito com muito carinho para todos vocês.


VOCÊ É MAIS FORTE DO QUE IMAGINA. ACREDITE!

Preciso confessar para vocês que apesar de eu ter feito esse calendário não imaginaria que essa frase impactaria tanto a mim como impactou. Como eu fiz tudo no inicio do ano não lembro das frases escolhidas de cada mês e essa me surpreendeu.
Confesso ainda que eu sempre me senti uma pessoa "fraca emocionalmente", que pensa em desistir no primeiro obstáculo, que sofre por antecipação, que se sente inferior a outras pessoas e por ai vai, foi só para você ter uma certa noção de como me sinto.
Havia uma época em que eu chorava quase todos os dias, me sentindo infeliz, e sempre pedindo a Deus, "por que o Senhor não me leva? Não me sinto feliz, e pelo jeito acho que nunca serei.", pois é, ás vezes bate uma certa tristeza, um certo vazio, mas não como naquela época, claro que me sinto diferente das pessoas, mas ao mesmo tempo me sinto especial, sinto que tem "mais", que vai chegar o momento em que eu poderei mostrar o meu potencial, em que chegará o momento que eu poderia fazer algo bom, algo útil. Não sou melhor que ninguém, nem perfeita, e longe de ser, a cada dia venho aprendendo isso, e a cada dia venho me superando também.
Como eu disse, eu tenho vontade de desistir no primeiro obstáculo, mas eu não desisto, eu persisto!
E e vou longe eu sei, e você também pode ir. Você é mais forte do que imagina, acredite!
Vá longe, sonhe alto, curta bastante, e jamais perca a Fé.
Beijos.

12 Cartas em 12 meses #Abril

Olá meus lindos e lindas, como estão?
Visitando alguns blogs achei um desafio muito legal que é 12 Cartas em 12 meses, e como amo escrever aceitei o desafio.
O desafio do mês de Abril é para eu escrever uma carta para um desconhecido, como adoro desafios escrevi uma carta e espero que quem tenha lido tenha gostado e a leve para a vida toda.
Deixei a minha cartinha no ônibus, quisera eu saber o destino dessa carta. 
Dá um play na música abaixo (sim minhas cartinhas tem direito a trilha sonora) e se aventure comigo! 





ABRIL –  UMA CARTA PARA UM DESCONHECIDO
Playlist: We Believe - Newsboys




Querido estranho,


Olá, você provavelmente não me conhece, bem, estamos quites certo? Também não te conheço. Não sei quem você é, onde mora, como é, não sei nada da sua vida, mas tem alguém que sabe, bem, imagino que já saiba de quem estou falando, de Deus é claro.
Não calma aí, não pare de ler, se você pegou essa carta não é só pela curiosidade, mas é porque ela tinha que estar mesmo em suas mãos e não de outra pessoa. Tudo bem se você não quiser ler as minhas palavras, mas eu te aconselho a lê-las porque eu me dediquei a cada uma delas, mas se não quiser não as jogue fora, deixe para que outra pessoa leia, tenho certeza que essas palavras valerão muito para alguém, esse alguém pode ser você.

Quero começar contando uma pequena história...
Há muito tempo atrás o mundo foi criado, e o ser humano também, a obra mais perfeita de Deus, feitos a sua imagem e semelhança, Deus deu a liberdade a eles, mas existia um porém, não podiam comer o fruto da árvore do conhecimento, e o que eles fizeram? O desobedeceram. Deus então tirou os privilégios deles, assim como os pais tiram os privilégios de seus filhos quando eles o desobedecem. Mas o Pai nunca deixa de amar seus filhos. Deus diversas vezes e de diversas formas tentou salvar a humanidade, mas o seu maior ato de misericórdia foi quando mandou Jesus ao mundo para que morresse pelos seus, meus, e pelos pecados de toda a humanidade. Jesus fez um grande sacrifício por mim, por você, e por todos nós, e eu espero do fundo do meu coração que não tenha sido em vão.
Por que eu estou contando essa história? Por dois motivos, primeiro, sim eu queria falar de Jesus para você, gostaria de falar até mais do que falei, mas se eu falar pode ser que a leitura fique cansativa com tanta informação, então eu só queria lembra-lo do quanto Jesus te amou, e do quanto Ele continua te amando. E o segundo motivo que eu queria falar é sobre o amor. Nunca deixe de amar, amar aquela pessoa importante, mas também amar o próximo, e o próximo não se trata dos que você conhece, mas se trata também dessas pessoas ao seu redor que você não faz a menor ideia da existência, assim como até então não fazíamos ideia da existência um do outro.
Nunca deixe de amar, porque de guerra e ódio o mundo já está cheio. Agradeça a Deus todos os dias por estar vivo, respire fundo, como é bom o ar né? Olha o clima lá fora, se está sol, está ótimo, se está chovendo, melhor ainda. Passamos tanto tempo da nossa vida só reclamando que esquecemos de aproveitar esse curto tempo que temos hoje, que temos agora.
Aproveite porque nós só estamos de passagem e não sabemos quando será nossa hora de partir.
Desde já agradeço, porque nesse curto tempo você também fez parte da minha vida.
Lhe desejo tudo de bom na sua vida, e caso você não conheça Jesus não perca tempo procure conhecê-lo tenho certeza que você vai amar.  



Com carinho, 


De outra estranha.



Caso queira ler as outras cartinhas é só acessar: 12 Cartas em 12 Meses

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Jayhana De Nardi - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo